As dietas tipo Atkins, ou dietas da proteína, aumentam a forma mais comum de câncer de mama

As mulheres que comem uma dieta rica em gorduras saturadas podem estar em risco aumentado para vários tipos de câncer de mama, como revelou o estudo Epic breast cancer” que incluiu dados de 337.327 mulheres de 20 a 70 anos em 10 países da Europa.

Os pesquisadores descobriram que, após 11,5 anos, 10.062 mulheres no estudo (cerca de 3%) tinham câncer de mama e observaram o tipo de câncer de mama que cada mulher tinha. O maior consumo de gordura foi associado a um maior risco dos tipos de câncer de mama que são alimentados por hormônios, como o câncer de mama  receptor de estrogênio positivo.

A maioria dos cânceres de mama é impulsionada pelo hormônio feminino estrógeno, e destes a maior parte é também sensível ao hormônio progesterona.

A pesquisa encontrou que seguir uma dieta com alto teor de gordura, como Atkins ou Low Carb High Fat aumenta o risco da forma mais comum de câncer de mama em mais de 20%.

Ao aumentar a gordura saturada em alimentos e consumir produtos gordurosos, o risco de câncer de mama hormônio-sensível aumentou em 28% pois as mulheres no estudo que comiam maior quantidade de gordura saturada, particularmente, uma grande quantidade de gorduras saturadas de produtos animais, (cerca de 47,5 gramas por dia) tiveram cerca de 28% de risco aumentado para esses tipos de câncer de mama, em comparação com as mulheres que comeram menos gorduras saturadas (cerca de 15,4 gramas por dia).

“Os resultados deste estudo prospectivo sobre uma grande população heterogênea de mulheres européias indicam que uma dieta com alto teor de gordura aumenta o risco de câncer de mama”, escreveram os autores, liderados pela Dra. Sabina Sieri, do Instituto Nacional do Cancer em Milão, Itália.

“E, de forma mais visível, essa alta ingestão de gordura saturada aumenta o risco de doença receptor hormonal positivo, sugerindo envolvimento da gordura saturada na etiologia (causa) de três subtipos de câncer de mama”, disse ela. Um desses subtipos inclui o HER2 positivo.

Embora o estudo indique que, à medida que mais gordura saturada é consumida, o risco de câncer de mama aumente de forma constante, são necessários mais estudos para determinar a quantidade diária de gorduras saturadas que as mulheres podem consumir com segurança como parte de uma dieta saudável.

Para a saúde mamária ideal e para os benefícios globais para a saúde em geral, recomenda-se que as mulheres consumam calorias de gorduras saturadas mais próximas da parte inferior do espectro do estudo, que é de cerca de 15 gramas por dia.

Fonte:

Consuming a high-fat diet is associated with increased risk of certain types of BC

Dietary fat intake and development of specific breast cancer subtypes.

Veja também:

2 Comentários

  1. Rafael Souza disse:

    Olá

    Os dados que você postou são de estudos clínicos randomizados ou estudos observacionais?

    • Karla Santone disse:

      Olá, o estudo em questão é um grande coorte observacional de mulheres com 11,5 anos de duração feito pela Universidade de Oxford e publicado no Journal of the National Cancer Institute.