Álcool aumenta o risco de câncer de Mama

Beber álcool está claramente associado a aumento no risco de desenvolver câncer de mama. Achados do EPIC Oxford confirmam o efeito carcinogênico do consumo de álcool em todos os subtipos de câncer de mama. Neste estudo prospectivo com 334.850 mulheres e 11.576 casos de câncer de mama, um aumento no consumo de 10g de álcool por dia foi relacionado a um aumento de 4,2% no risco de câncer de mama. No entanto, o risco aumenta com a quantidade de álcool consumida.

Comparado com mulheres abstêmias, as que bebem 1 dose de álcool por dia tem um pequeno aumento no risco. Aquelas que bebem 2 a 5 doses diariamente tem um aumento de 1,5 vezes no risco, comparadas às que não bebem nada. Mulheres que começaram a beber antes da primeira gravidez a termo mostraram estar em um risco maior que aquelas que começaram a beber após o primeiro filho.

Segundo a Organizacao mundial de saúde (OMS), uma dose contém de 10 a 12g de álcool puro, o equivalente a uma lata de cerveja (330ml), uma taça de vinho (100ml) ou uma dose de destilado (30ml). O excesso de álcool também é conhecido por aumentar os riscos de outros tipos de canceres.

Algumas recomendações importantes:

-Evite o consumo diário de álcool, mesmo em pouca quantidade.
-Deixe para beber em ocasiões especiais e mesmo assim evite bebidas destiladas como vodka, whisky, etc.
-Dê preferência para bebidas fermentadas como cerveja e vinho e não passe do limite de 2 doses.
-Nunca beba de estômago vazio.
-Nao beba durante a adolescência e idade jovem.

fonte:
http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/ijc.29469/epdf

Os comentários estão encerrados.